37 so 3Foto: Oscar Jupiraci

Na 37ª Sessão Ordinária, os vereadores aprovaram, com 23 votos favoráveis, o Projeto de Lei nº 87/2017, de autoria do Executivo Municipal, que, “dispõe sobre o Plano Plurianual para o quadriênio 2018-2021”.

Apresentado na segunda-feira (06/11) em uma Audiência Pública na Câmara Municipal, a proposta prevê investimentos de R$ 20.516 bilhões para os próximos quatro anos.

De acordo com o documento, as ações do governo estão organizadas em quatro grandes eixos:

Nossa São Bernardo com oportunidades de emprego e renda;
Nossa São Bernardo com oportunidades de desenvolvimento e inclusão social; 
Nossa São Bernardo com oportunidade de viver em uma cidade digna e ambientalmente sustentável;
Gestão eficiente e participação social.

O PPA é instrumento de planejamento governamental que define diretrizes, objetivos e metas com o propósito de viabilizar a implementação e a gestão das políticas públicas, orientar a definição de prioridades e auxiliar na promoção do desenvolvimento sustentável.

Ele cumpre ao disposto no § 1º do art. 165 da Constituição Federal e no § 1º do art. 274 da Lei Orgânica do Município, estabelecendo, para o período, os programas com seus respectivos objetivos, as justificativas, os indicadores, as ações, os valores e metas da Administração Pública Municipal Direta e Indireta abrangendo os poderes Executivo e Legislativo, seus respectivos fundos, órgãos e entidades.

37 so 1Foto: Oscar Jupiraci

Também passou pelo crivo do Plenário o Projeto de Lei nº 118/2017, de autoria do Executivo Municipal, que “dispõe sobre abertura de crédito adicional especial” no valor de até R$ 3 milhões.

De acordo com a Prefeitura, este investimento será utilizado na “reforma e adequação do próprio municipal inacabado localizado junto à Praça Samuel Sabatini, com o objetivo de converter o espaço que substitui o antigo mercado municipal na Fábrica de Cultura”. Até a gestão anterior, o local daria lugar ao Museu do Trabalho e do Trabalhador.

O vereador Ramon Ramos (PDT), líder do governo na Câmara, elogiou a proposta que, segundo ele, “foi incluída no Plano de Governo de Orlando Morando durante a campanha eleitoral para atender às demandas da população. Depois de assumir o cargo, o Prefeito foi até o Governo Federal, mais propriamente, ao Ministério da Cultura, solicitar o ‘destravamento’ judicial para que a obra possa ser finalizada”.

Com o aval do Minc foi possível transformar o projeto do Museu do Trabalho e do Trabalhador em Fábrica de Cultura.

O programa do governo do Estado é constituído por espaços com oportunidades de acesso gratuito a diversas atividades artísticas.

Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem cursos e uma programação cultural diversificada que contempla shows, espetáculos teatrais, palestras, exibição de filmes, oficinas, exposições, bibliotecas entre outras atrações.

37 so 4Vereador Eliezer Mendes. Foto: Oscar Jupiraci

Por fim, foi aprovado o Requerimento n° 379/2017, de autoria do vereador Eliezer Mendes (PODE), “de congratulações com a EMEB ‘Annita Magrini Guedes’, por estar entre as finalistas do concurso para o 8º Fórum Mundial da Água”.

O referido fórum, cujo tema será “Compartilhando Água”, ocorrerá entre os dias 18 e 23 de março na capital federal, tendo como principal meta o debate de soluções a problemas associados à escassez de recursos hídricos.

Projetos pertinentes ao tema serão selecionados a partir de chamamento público da “Agência Nacional de Águas” e reverenciados durante o evento. Na categoria “educação”, destaca-se o trabalho desenvolvido pela EMEB “Anita Magrini Guedes”, presente no bairro Baeta Neves, em São Bernardo do Campo.

O colégio, único representante de São Paulo em sua categoria, desenvolve desde 2013 o projeto “Em Busca de Uma Escola Sustentável”. O programa envolve os alunos do 1º ao 5° ano do ensino fundamental e suas respectivas famílias e obteve sucesso, tendo resultado em diminuições no consumo de água e no descarte de lixo pela instituição. Neste ano, a escola já foi agraciada com uma “Medalha do Mérito Ambiental”, concedida pela vereadora Lia Duarte (PSDB) durante solenidade.

O resultado final do concurso do qual a EMEB é finalista será divulgado entre os dias 05 e 06 de dezembro.

 

Clique aqui para ouvir os áudios das sessões ordinárias da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo