ss biblia capaNa assinatura do convênio, os organizadores informaram que o exemplar da Bíblia em Braile será entregue à Biblioteca Municipal em março de 2018. Foto: Oscar Jupiraci

A assinatura do convênio, mediada pelo vereador Rafael Demarchi (PRB), foi formalizada em uma solenidade na noite de sexta-feira (08/12), no Plenário Tereza Delta. A cerimônia também comemorou o Dia da Bíblia e do Pastor Evangélico. Durante o evento, Mario Rost, coordenador do Museu da Bíblia (MuBi), recebeu a Medalha João Ramalho em nome da instituição.

Em seu discurso, ele afirmou estar muito feliz em colaborar com a cidade de São Bernardo do Campo. “O Museu, uma frente da Sociedade Bíblica do Brasil, é um tipo de empreendimento apropriado para parceria com municípios porque se trata da promoção de diferentes vertentes da Bíblia; não só o aspecto do livro religioso ou da mensagem de fé. A Bíblia tem um lugar na civilização também por sua contribuição ética e cultural. A cultura bíblica, com os seus valores, pode, de fato, servir de fundamento para a vida em sociedade”, declarou.

“Pode-se discutir o tema da inclusão tendo a Bíblia em braile como ponto de partica. A partir daí, a cidade, suas autoridades e seus legisladores podem pensar em como criar e aperfeiçoar leis que favoreçam as pessoas com deficiência”, propôs Mario Rost.

ss biblia medalha museuÀ esquerda, Mario Rost, coordenador do Museu da Bíblia, recebe a Medalha João Ramalho concedida pelo vereador Rafael Demarchi, à direita. Foto: Oscar Jupiraci

Museu da Bíblia (MuBi)

Resultado de uma parceria entre a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e a Prefeitura Municipa de Barueri (SP), o MuBi é o primeiro do país e um dos maiores do mundo em sua especialidade.

Seu objetivo é promover o conhecimento da Bíblia, enfatizando seus vários aspectos: culturais, éticos, religiosos e acadêmicos.

Em uma área de 900 m², integrada a um centro de eventos, o museu também reúne uma biblioteca, com mais de 17 mil títulos. Já sua área de exposição, totalmente interativa e de acesso gratuito, conta a história da tradução da Bíblia para a língua portuguesa e a influência da Palavra de Deus na formação da civilização ocidental.

O MuBi promove ainda exposições itinerantes. Em 2015, a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo sediou uma mostra do Museu da Bíblia como parte integrante da Semana da Cultura Gospel.

Com informações da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e Assessoria do vereador Rafael Demarchi

Mesa de honra

ss biblia mesaFoto: Oscar Jupiraci

Ocuparam lugares de destaque ao lado do vereador Rafael Demarchi:

Pastor Adriano Lúcio;

Bispo Kennedy, da Igreja Batista Nova Aliança;

Bispo Paulo Filiput, da Igreja Apostólica Ebenezer;

Bispa Sandra Filiput;

Pastor Mário Rost, Coordenador do Museu da Bíblia e Gerente de Desenvolvimento Institucional da Sociedade Bíblica do Brasil;

Pastor Gilvan dos Santos Lima, Coordenador de Desenvolvimento Institucional da Sociedade Bíblica do Brasil;

Murillo Rúbio, obreiro da Igreja Dínamus;

Dr. Luís Ricardo Vasques Davanzo, Presidente da OAB – SBC;

Pastor Claudinho, da Igreja Apostólica Ebenezer.

Cliques

Confira, nas fotos abaixo, alguns destaques da sessão solene:

ss biblia leituraManuel Paulino de Araújo leu uma passagem da Bíblia em braile, sistema de escrita com pontos em relevo que as pessoas privadas da visão podem ler pelo tato e que lhes permite também escrever. Foto: Oscar Jupiraci

ss biblia musicalA dupla “Double Melody” e os integrantes do “Coral Louvor & Adoração” se apresentaram durante a cerimônia. Fotos: Oscar Jupiraci

mosaico expoeOs convidados da solenidade puderam visitar a exposição “Bíblia: o livro da inclusão”, no andar térreo do Palácio João Ramalho. Fotos: Oscar Jupiraci

Dia da Bíblia

Celebrado no segundo domingo de dezembro, Dia da Bíblia foi instituído em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI. O Dia da Bíblia foi criado para que a população intercedesse em favor da leitura do livro sagrado.

No Brasil, a data começou a ser festejada em 1850, quando os primeiros missionários cristãos evangélicos chegaram da Europa e EUA. Durante o período do Império, a liberdade religiosa e os cultos protestantes eram muito restritos.

Esta situação mudou por volta de 1880, quando o movimento evangélico, juntamente com o Dia da Bíblia, se popularizou.

Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP).

Desde dezembro de 2001, a comemoração passou a integrar o calendário oficial do país, graças à Lei Federal nº 10.335/2001, que instituiu o Dia da Bíblia em todo o território nacional.

Com o objetivo de difundir e estimular a leitura da palavra de Deus, o dia dedicado às Escrituras Sagradas é comemorado em cerca de 60 países - sendo que, em alguns, a data é celebrada no segundo domingo de setembro, em referência ao trabalho do tradutor Jerônimo, na Vulgata, conhecida tradução da Bíblia em latim.

Com informações da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e Assessoria do vereador Rafael Demarchi

VEJA AQUI mais fotos do evento